Elegia de Domingo, De Andre Ricardo Aguiar – 332 Poemas No 87


sound-iconouça o poema Elegia de Domingo, De Andre Ricardo Aguiar

Andre Aguiar

Domingo terás toda a vida
em ruelas estreitas, bocejos de portas,
vislumbre de seio branco.

Domingo é a memória de fantasmas
fazendo pedicuro, fofoqueiros.
É uma aldeia encravada na semana,
aldeia branca.

Refestela-te com o teu domingo
como quem ouve o hino dos mortos.

Teus passos saberão a ossos,
teus caminhos estarão dormindo
no profundo domingo.

preview_idchbaixa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s